Advanced search
Start date
Betweenand

What Is Lost Is Lost: revealing the bygone morphological and genetic diversity of Brachyteles (Primates: Atelidae)

Grant number: 23/09464-1
Support Opportunities:Scholarships in Brazil - Post-Doctoral
Effective date (Start): January 01, 2024
Effective date (End): December 31, 2025
Field of knowledge:Biological Sciences - Zoology - Taxonomy of Recent Groups
Principal Investigator:Joyce Rodrigues Do Prado
Grantee:José Eduardo Serrano Villavicencio
Host Institution: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brazil
Associated research grant:22/12632-0 - An old sample tells a good story: the evolutionary history of mammals from the diagonal of open vegetation of South America told by biological collections, AP.BTA.JP

Abstract

A perda da diversidade animal devido aos impactos antrópicos é uma das principais ameaças ao planeta. Esse panorama é ainda mais crítico em regiões altamente fragmentadas como a Mata Atlântica brasileira. Várias atividades econômicas importantes no Brasil são desenvolvidas neste bioma. Por isso, tornou-se alvo de impactos antrópicos que colocam em risco toda essa biodiversidade, além da resiliência da floresta e da cultura indígena. O maior primata que habita a Mata Atlântica, o muriqui (gênero Brachyteles), vem sofrendo uma redução significativa de seu habitat histórico devido à grande fragmentação da Mata Atlântica. Essa perda de habitat se reflete nas atuais populações isoladas ao longo de sua distribuição nesse bioma. Infelizmente, de todas essas áreas perdidas, restam apenas alguns poucos espécimes testemunhos, depositados principalmente em coleções brasileiras e alguns em coleções científicas internacionais. Essas amostras históricas têm tradicionalmente nos ajudado a conhecer a diversidade morfológica passada de Brachyteles. Porém, com novas metodologias como o uso de DNA antigo de amostras de coleções (museômica), podemos conhecer a informação genética deixada junto com essas populações e entender como a fragmentação da Mata Atlântica influenciou na aptidão dos Brachyteles. Por estas razões, este projeto visa: (1) caracterizar a diversidade morfológica de Brachyteles perdida nas últimas décadas (2) quantificar as mudanças genômicas dentro e entre as duas espécies de muriqui: Brachyteles arachnoides e B. hypoxanthus em escala histórica usando "Next Generation Sequencing (NGS)" por meio da abordagem denominada "Ultra Conserved Elements (UCEs)". Usarei esses dados em análises filogenéticas para comparar o DNA histórico com os de populações recentes para quantificar as consequências genômicas da endogamia em Brachyteles. Ao final deste projeto, quero ter gerado dados empíricos que ajudem os tomadores de decisões a entender a situação dessas espécies altamente ameaçadas e que sejam tomadas as ações necessárias para garantir sua subsistência.

News published in Agência FAPESP Newsletter about the scholarship:
Articles published in other media outlets (0 total):
More itemsLess items
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Please report errors in scientific publications list using this form.