Advanced search
Start date
Betweenand

Serolological and molecular study about Sarcocystis spp. in horses and white-ear opossums (Didelphis albiventris) in the city of Campo Grande, MS - Brazil

Grant number: 20/06817-2
Support type:Scholarships in Brazil - Scientific Initiation
Effective date (Start): August 01, 2020
Effective date (End): July 31, 2021
Field of knowledge:Agronomical Sciences - Veterinary Medicine - Preventive Veterinary Medicine
Principal researcher:Rosangela Zacarias Machado
Grantee:Thiago Merighi Vieira da Silva
Home Institution: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brazil

Abstract

Sarcocystis spp. são protozoários coccídeos, mundialmente distribuídos, capazes de parasitar aves, répteis, peixes e mamíferos, incluindo seres humanos. Marsupiais do gênero Didelphis (gambás) são reconhecidos como hospedeiros definitivos para diferentes espécies de Sarcocystis, com eliminação da forma infectante (oocistos) em suas fezes. Sarcocystis neurona e S. falcatula são frequentemente descritos no Brasil. S. falcatula pode provocar doença em ampla variedade de espécies aviárias, enquanto S. neurona é frequentemente associado à Mieloencefalite Protozoária Equina. A frequência de anticorpos contra Sarcocystis em equinos pode estar estreitamente relacionada com a presença de gambás infectados, e estudos sorológicos demonstram números expressivos de soropositividade em equinos no Brasil e no mundo. A diferenciação das espécies de Sarcorcystis excretadas por gambás pode ser realizada por meio de ensaios moleculares, como a reação em cadeia pela polimerase. Nos últimos anos, diversos marcadores moleculares têm sido utilizados para caracterizar diferentes espécies de Sarcocystis a partir de esporocistos eliminados por gambás. Nestes estudos, observou-se uma grande diversidade de variantes de alelos em diversos genes. Neste contexto, o presente estudo tem como objetivo avaliar a variabilidade genética de Sarcocystis spp. isolados de Didelphis albiventris do município de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, utilizando marcadores moleculares com diferentes taxas evolucionárias, dos loci que codificam para os genes 18S do RNA ribossômico (18S rDNA) e Citocromo B (cytB). Ensaio sorológico realizado por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) será utilizado para avaliar a presença de anticorpos contra Sarcocystis spp. em equinos da mesma região.

News published in Agência FAPESP Newsletter about the scholarship:
Articles published in other media outlets (0 total):
More itemsLess items
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Please report errors in scientific publications list by writing to: cdi@fapesp.br.