Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de transcriptoma de macrófagos murinos infectados com Leishmania amazonensis: análise de transcritos do parasita e hospedeiro

Processo: 16/03273-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Lucile Maria Floeter-Winter
Beneficiário:JULIANA IDE AOKI
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Arginase   Análise de sequência de RNA   Leishmania

Resumo

Leishmania é um parasita que alterna seu ciclo de vida entre os hospedeiros inseto e mamífero, alternância essa que envolve mudanças ambientais e submetem os parasitas a mudanças dinâmicas na morfologia, metabolismo e sinalização celular, além de acionar mecanismos de regulação gênica para permitir uma rápida adaptação às novas condições. O nosso grupo de pesquisa vem estudando o papel da arginase em L. amazonensis durante o ciclo de vida do parasita e sua função no estabelecimento e na manutenção da infecção no macrófago do hospedeiro mamífero. A arginase, por seu papel imunoregulatório, pode limitar a disponibilidade de L-arginina e reduzir concentrações de óxido nítrico produzido por macrófagos ativados, atuando assim na síntese de poliaminas, favorecendo a resistência de alguns patógenos aos mecanismos de defesa do hospedeiro. Recentemente, através da tecnologia de RNA-seq descrevemos mecanismos de regulação de expressão gênica na via de poliaminas em promastigotas e amastigotas axênicas, regulados pela atividade da arginase e pela disponibilidade de L-arginina. Assim, no presente projeto pretendemos identificar assinaturas gênicas e mecanismos de regulação de expressão entre uma linhagem de camundongo susceptível e resistente à infecção por L. amazonensis selvagem (La-WT) ou L. amazonensis arginase nocaute (La-arg-). E ainda, validar e correlacionar a participação de microRNAs (miRNAs), que vem fornecendo informações interessantes no entendimento de como a regulação de expressão gênica pode fazer parte do arsenal da Leishmania para subverter as defesas do macrófago.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Fatores genéticos que conferem resistência à leishmaniose são identificados 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (11 total)
Mais itensMenos itens

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AOKI, JULIANA IDE; LARANJEIRA-SILVA, MARIA FERNANDA; MUXEL, SANDRA MARCIA; FLOETER-WINTER, LUCILE MARIA. The impact of arginase activity on virulence factors of Leishmania amazonensis. Current Opinion in Microbiology, v. 52, p. 110-115, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
MARCIA MUXEL, SANDRA; MAMANI-HUANCA, MARICRUZ; AOKI, JULIANA IDE; ZAMPIERI, RICARDO ANDRADE; FLOETER-WINTER, LUCILE MARIA; LOPEZ-GONZALVEZ, ANGELES; BARBAS, CORAL. Metabolomic Profile of BALB/c Macrophages Infected with Leishmania amazonensis: Deciphering L-Arginine Metabolism. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 20, n. 24 DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
RIBEIRO FERNANDES, JULIANE CRISTINA; AOKI, JULIANA IDE; ACUNA, STEPHANIE MAIA; ZAMPIERI, RICARDO ANDRADE; MARKUS, REGINA P.; FLOETER-WINTER, LUCILE MARIA; MUXEL, SANDRA MARCIA. Melatonin and Leishmania amazonensis Infection Altered miR-294, miR-30e, and miR-302d Impacting on Tnf, Mcp-1, and Nos2 Expression. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 9, MAR 20 2019. Citações Web of Science: 2.
MUXEL, SANDRA MARCIA; ACUNA, STEPHANIE MAIA; AOKI, JULIANA IDE; ZAMPIERI, RICARDO ANDRADE; FLOETER-WINTER, LUCILE MARIA. Toll-Like Receptor and miRNA-let-7e Expression Alter the Inflammatory Response in Leishmania amazonensis-Infected Macrophages. FRONTIERS IN IMMUNOLOGY, v. 9, NOV 29 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.