Busca avançada
Ano de início
Entree

Biorrefinaria para aproveitamento de subprodutos do processamento de maracujá com tecnologias de alta pressão

Processo: 17/23670-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2018 - 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Julian Martínez
Beneficiário:Julian Martínez
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Carolina de Aguiar ; Andressa Mara Baseggio ; Camila Alves de Rezende ; Juliana Azevedo Lima Pallone ; Juliane Viganó ; Larissa Akemi Kido de Barros ; Marcus Bruno Soares Forte ; Mário Roberto Maróstica Junior ; Philipe dos Santos ; Tânia Forster Carneiro ; Valéria Helena Alves Cagnon Quitete
Assunto(s):Fluidos supercríticos  Extração  Aproveitamento de subprodutos  Compostos bioativos  Maracujá 

Resumo

O Laboratório de Alta Pressão em Engenharia de Alimentos (LAPEA) tem focado suas atividades na investigação de processos a alta pressão para a obtenção de produtos de alto valor a partir de fontes naturais. Resultados recentes vêm mostrando que subprodutos da indústria de alimentos são importantes fontes de compostos bioativos, e que tecnologias em altas pressões são alternativas viáveis para a recuperação e purificação destes compostos através de métodos limpos e não agressivos ao ambiente e ao próprio produto. Porém, a viabilidade técnica e econômica de tais processos depende de sua intensificação e da integração dos mesmos entre si e com outras operações presentes em uma linha de processamento industrial. Neste contexto, o conceito de biorrefinaria será aplicado para o aproveitamento integral de subprodutos do processamento de maracujá azedo (Passiflora edulis) (bagaço e casca), que têm potencial comprovado como fontes de óleo, fenólicos, pectina e outros compostos de interesse industrial. A proposta de biorrefinaria inclui a obtenção destes compostos através de extrações a alta pressão, fracionamento e concentração dos compostos de interesse através de redução de pressão, adsorção ou nanofiltração, formulação de partículas e aerogéis para incorporação e veiculação dos bioativos, aproveitamento do resíduo lignocelulósico para extração de pectina e hidrólise de amido, gerando açúcares fermentáveis. Métodos de intensificação de processos, como ultrassom, e solventes alternativos como óleos vegetais e líquidos expandidos serão testados nos processos de extração, que também serão avaliados fenomenologicamente com o auxílio de modelagem matemática. As matérias primas (resíduos do processamento de maracujá), produtos intermediários e finais serão analisados em termos de composição química, focando nos compostos de interesse em cada produto, propriedades físicas e atividades biológicas, visando às suas possíveis aplicações comerciais. Finalmente, os processos individuais e a biorrefinaria completa terão sua viabilidade econômica avaliada através da estimativa dos custos de manufatura. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTANA, ADINA L.; QUEIROS, LIVIA D.; MARTINEZ, JULIAN; MACEDO, GABRIELA A. Pressurized liquid- and supercritical fluid extraction of crude and waste seeds of guarana (Paullinia cupana): Obtaining of bioactive compounds and mathematical modeling. FOOD AND BIOPRODUCTS PROCESSING, v. 117, p. 194-202, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
DOS SANTOS, LUANA CRISTINA; BITENCOURT, RAPHAELA GABRI; DOS SANTOS, PHILIPE; VIEIRA E ROSA, PAULO DE TARSO; MARTINEZ, JULIAN. Solubility of passion fruit (Passiflora edulis Sims) seed oil in supercritical CO2. Fluid Phase Equilibria, v. 493, p. 174-180, AUG 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.