Busca avançada
Ano de início
Entree

INCT 2014: Comportamento, Cognição e Ensino (INCT-ECCE): aprendizagem relacional e funcionamento simbólico

Processo: 14/50909-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Convênio/Acordo: CNPq - INCTs
Pesquisador responsável:Deisy das Graças de Souza
Beneficiário:Deisy das Graças de Souza
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Gerson Aparecido Yukio Tomanari ; Júlio César Coelho de Rose
Auxílios(s) vinculado(s):17/19652-9 - 9th International Conference Association for Behavior Analysis international, AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):18/16694-5 - Efeitos de um currículo suplementar sobre a aprendizagem receptiva e expressiva de sentenças em crianças com próteses auditivas e implante coclear, BP.PD
19/01406-7 - Investigando os efeitos do condicionamento subliminar sobre a motivação apetitiva, BP.MS
19/03788-4 - Habilidades do desenvolvimento em crianças com a síndrome Zika Congênita (SZC), BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 18/19004-0 - Envolvimento com tarefas em sala de recursos: efeitos de consequências reforçadoras programadas e generalizadas, BP.IC
18/20414-8 - ProCasal: atualização de medida psicométrica e construção de um programa de treinamento de habilidades sociais conjugais, BP.DR
18/18748-5 - Efeitos da probabilidade transicional e fonotática na extração de palavras e mapeamento simultâneo com estímulos visuais ao longo de tentativas ambíguas, BP.IC
18/21840-0 - Formação de classes de equivalência e transferência de função com biótipos gordos e magros em estudantes universitários: uma investigação da gordofobia, BP.IC
18/13270-0 - Generalização recombinativa de leitura sob contingências individuais e de grupo, BP.MS
18/03936-0 - Efeitos de jogos digitais na cognição social de crianças: um estudo experimental, BP.MS
18/06493-2 - Efeitos de contingências de competição no autorrelato de crianças sobre seus desempenhos em um jogo computadorizado, BP.IC
18/03718-3 - Avaliando a eficácia dos treinos de tato e ouvinte com estímulos de dois elementos na aquisição de língua estrangeira, BP.MS
17/23172-2 - Estabelecimento de falsas memórias por meio do paradigma da equivalência de estímulos: o papel da estabilidade das relações de equivalência, BP.IC
14/13483-2 - Análise do controle da atenção por meio de parâmetros dos movimentos oculares em treino de reforçamento diferencial intradimensional e testes de generalização, BP.PD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Cognição  Ensino e aprendizagem  Currículos e programas  Análise do comportamento  Equivalência de estímulos  Habilidades sociais  Linguagem 

Resumo

Esta é uma proposta de continuidade do atual Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT -ECCE). O atual INCT -ECCE é um grupo de pesquisadores multi-institucional e multidisciplinar que vem se mantendo ativo por quase duas décadas, tendo sido previamente financiado pelo programa PRONEX (Programa de Apoio a Grupos de Excelência). As pesquisas do Instituto têm enfocado a análise comportamental do funcionamento simbólico, com base no Paradigma de Equivalência de Estímulos (do inglês, SEP). O SEP define relações simbólicas como relações de equivalência entre estímulos, de forma que estímulos equivalentes podem se substituir uns aos outros e, portanto, levanta a possibilidade de se simular a aquisição de função simbólica por estímulos arbitrários. É então possível examinar como os estímulos arbitrários se tornam símbolos e adquirem significado e, adicionalmente, é possível investigar variáveis relacionadas a esse processo. O SEP também torna possível estabelecer ou melhorar repertórios simbólicos, particularmente (mas não só) quando há deficiência nesse funcionamento. O Instituto proposto continuará este trabalho com o principal objetivo de desenvolver programas de ensino ou intervenção para três principais tipos de repertório simbólico: linguagem, competências sociais e habilidades acadêmicas (com foco em alfabetização, matemática, segunda língua e música). Esse é um esforço em andamento e se espera que, durante a vigência do Instituto proposto, os programas já desenvolvidos aumentem em eficiência e atratividade, além de atingirem maior parcela da população, e que novos programas sejam desenvolvidos e cientificamente avaliados. Esses programas enfocam desafios relacionados a populações (particularmente crianças) com atraso no desenvolvimento de alguns repertórios simbólicos. Os principais desafios enfrentados serão os atrasos ou limitações de repertório simbólico devidos a: transtornos do espectro do autismo, distúrbios de comunicação, deficiência intelectual, déficit visual ou auditivo, implante coclear e desempenho escolar insuficiente. Outra população alvo enfocada pelo instituto é a de crianças pequenas (12 a 36 meses): mesmo quando eles não apresentam qualquer atraso ou transtorno de desenvolvimento, seu repertório e condições motivacionais configuram considerável desafio para programas de pesquisa e intervenção. A pesquisa básica tem sido e continuará sendo uma fonte importante de informações que respalda decisões para planejar e aumentar a efetividade de programas de ensino e intervenção. A pesquisa básica continuará abordando o desenvolvimento de relações de equivalência e seus precursores, particularmente o controle de estímulos e a aprendizagem relacional. Comportamento de observação, como pré-requisito para aprendizagem, será também um dos focos principais. Tanto a pesquisa básica quanto a aplicada farão uso da tecnologia assistiva que tem se tornado economicamente acessível e progressivamente poderosa, e que pode, atualmente, tornar laboratórios científicos mais efetivos e informativos, além de apoiar aplicações dessa ciência para superar ou contornar desafios aos quais nossos programas são dirigidos. Enquanto processos e repertórios simbólicos: têm seu interesse intrínseco, nossa principal preocupação passou a ser o grau no qual os repertórios-alvo, contribuem para a solução de problemas decorrentes de sua ausência ou de seus déficits. Espera-se que os programas desenvolvidos pelo instituto aumentem gradualmente em escala, atingindo progressivamente amostras maiores de aprendizes. Espera-se que, crescendo em escopo e efetividade, o INCT-ECCE possa contribuir com os objetivos do Plano Nacional de Educação com respeito à educação regular e especial. Além dos objetivos relativos à pesquisa básica, translacional e aplicada, o instituto permanecerá atento a suas responsabilidades de formação de pessoal. O presente instituto formou aproximadamente 60 doutores e 120 mestres e proveu oportunidade de pós-doutoramento para 18 jovens cientistas, muitos dos quais absorvidos pelo sistema público ou privado de ensino superior, o que vem contribuindo para o fortalecimento dessa área de pesquisa e intervenção. Espera-se que o Instituto proposto intensifique esse, esforço, com o desenvolvimento de novos líderes de pesquisa distribuídos no território nacional e também e com a promoção de oportunidades de iniciação científica na graduação. Também serão intensificados esforços dirigidos à difusão do conhecimento para a sociedade e à geração de tecnologia social. O INCT está ciente também da importância de expandir sua inserção internacional, para (1) dar maior visibilidade aos esforços brasileiros em sua esfera de atuação (na qual tem desempenhando um papel de liderança em algumas direções, como na extensão das aplicações do SEP à proposição de currículos para uma ampla gama de repertories acadêmicos, e na reabilitação auditiva de crianças com implante coclear), e (2) ampliar as oportunidades de desenvolvimento de nova geração de cientistas, pelo contato com ambientes diversificados e avançados. Visando atingir seus objetivos científicos, assim como os de seus outros programas, o INCT propôs uma nova organização para seu funcionamento, que se espera aumentar o envolvimento da maioria de seus membros e, como tal, garantir eficiência da equipe e, também, promover interações mais fortes e sistemáticas entre seus membros, os laboratórios associados, a sede e a coordenação do INCT. (AU)

Publicações científicas (16)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CANOVAS, DANIELA DE SOUZA; MULLER QUEIROZ, ANNA CAROLINA; DEBERT, PAULA; COSTA HUBNER, MARIA MARTHA. Reading Words Using the Go/No-Go Procedure with Compound Stimuli with Preschool Children. PSYCHOLOGICAL RECORD, v. 69, n. 2, p. 253-265, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
DOS SANTOS, SILVANA LOPES; DE ROSE, JULIO C. Influence of Cartoon Characters on Children's Food Preference Via Transfer of Functions. PSYCHOLOGICAL RECORD, v. 69, n. 2, p. 153-163, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
BORTOLOTI, RENATO; DE ALMEIDA, RODRIGO VIANNA; DE ALMEIDA, JOAO HENRIQUE; DE ROSE, JULIO C. Emotional Faces in Symbolic Relations: A Happiness Superiority Effect Involving the Equivalence Paradigm. FRONTIERS IN PSYCHOLOGY, v. 10, APR 30 2019. Citações Web of Science: 0.
AMD, MICAH; MACHADO, ARMANDO; DE OLIVEIRA, MARLON ALEXANDRE; PASSARELLI, DENISE APARECIDA; DE ROSE, JULIO C. Effects of Nodal Distance on Conditioned Stimulus Valences Across Time. FRONTIERS IN PSYCHOLOGY, v. 10, APR 10 2019. Citações Web of Science: 0.
CANOVAS, DANIELA S.; DEBERT, PAULA; MIGUEL, CAIO F. Simple discrimination training with differential responses to establish functional and equivalence classes with preschool children. JOURNAL OF THE EXPERIMENTAL ANALYSIS OF BEHAVIOR, v. 111, n. 1, p. 59-74, JAN 2019. Citações Web of Science: 0.
AGGIO, NATALIA M.; DUCATTI, MARIANA; DE ROSE, JULIO C. Cognition and language in dementia patients: Contributions from behavior analysis. BEHAVIORAL INTERVENTIONS, v. 33, n. 3, p. 322-335, JUL 2018. Citações Web of Science: 0.
DE CARVALHO, LUCAS COUTO; DOS SANTOS, LETICIA; REGACO, ALCEU; BARBOSA, THIAGO BRAGA; DA SILVA, RAFAEL FERNANDO; DE SOUZA, DEISY DAS GRACAS; SANDAKER, INGUNN. Cooperative responding in rats maintained by fixed- and variable-ratio schedules. JOURNAL OF THE EXPERIMENTAL ANALYSIS OF BEHAVIOR, v. 110, n. 1, p. 105-126, JUL 2018. Citações Web of Science: 0.
AMD, MICAH; DE OLIVEIRA, MARLON A.; PASSARELLI, DENISE A.; BALOG, LIVIA C.; DE ROSE, JULIO C. Effects of orientation and differential reinforcement II: transitivity and transfer across five-member sets. Behavioural Processes, v. 150, p. 8-16, MAY 2018. Citações Web of Science: 1.
Learning by Exclusion in Toddlers. Paidéia, v. 28, p. -, 2018.
ROSSI, N. F.; GIACHETI, C. M. Association between speech-language, general cognitive functioning and behaviour problems in individuals with Williams syndrome. JOURNAL OF INTELLECTUAL DISABILITY RESEARCH, v. 61, n. 7, p. 707-718, JUL 2017. Citações Web of Science: 1.
GANTHOUS, GIULIA; ROSSI, NATALIA FREITAS; GIACHETI, CELIA MARIA. Narrativa oral de indivíduos com Transtorno do Espectro Alcoólico Fetal. CoDAS, v. 29, n. 4, p. -, 2017. Citações Web of Science: 1.
SILVA, RAFAEL AUGUSTO; DEBERT, PAULA. GO/NO-GO PROCEDURE WITH COMPOUND STIMULI WITH CHILDREN WITH AUTISM. JOURNAL OF APPLIED BEHAVIOR ANALYSIS, v. 50, n. 4, p. 750-755, FAL 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.